Arquitetura da informação: uma proposta para fundamentação e caracterização da disciplina científica

http://cpai.unb.br/blog/2016/03/02/arquitetura-da-informacao-uma-proposta-para-fundamentacao-e-caracterizacao-da-disciplina-cientifica/&rft.language=English&rft.subject=Produção Científica&rft.au=admin">
Título: Arquitetura da informação: uma proposta para fundamentação e caracterização da disciplina científica
Autor: André Henrique de Siqueira
Orientador: Prof. Dr. Mamede Lima-Marques
Curso: Doutorado em Ciência da Informação
Banca examinadora:

Data da defesa:

Prof. Dr. Mamede Lima-Marques (Presidente)

Prof. Dr. Alexandre Zaghetto (Examinador externo – CIC)

Prof. Dr. Rosalvo Ermes Streit (Examinador externo – Banco Central do Brasil)

Prof. Dr. Antônio Lisboa Carvalho de Miranda (Examinador interno – UnB/ PPGCInf)

Prof. Dr. Jackson Max Furtunato Maia (Examinador externo – AEB)

Prof.ª Dra. Silvana Aparecida Borsetti Gregorio Vidotti (Examinador externo – UNESP/Marília)

Prof.ª Dra. Sely Maria de Souza Costa (Suplente – UnB/PPGCInf)

31/08/2012

Resumo: A tese apresenta uma proposta para definição da Arquitetura da Informação como disciplina científica de fundamentação filosófica e implicações tecnológicas práticas. Identifica o hiato existente entre as práticas da Arquitetura da Informação e de um modelo teórico que a sustente, tanto em termos de natureza filosófica quanto científica. Realiza uma revisão bibliográfica sobre as relações entre a Arquitetura da Informação e seus fundamentos epistemológicos, suas relações com a Ciência da Informação e a possibilidade de executar uma redução teórica da Arquitetura da Informação aos modelos da Ciência da Informação. Com base na revisão da literatura, argumenta sobre a inexistência de um fundamento filosófico que sustente as atuais práticas da arquitetura da informação. Para fundamentar a construção de uma disciplina científica de Arquitetura da Informação, realiza uma revisão sobre a Filosofia da Ciência e busca identificar critérios de caracterização da prática científica. Como resultados, esta tese propõe as bases filosóficas, científicas e tecnológicas da disciplina de Arquitetura da Informação. Propõe uma postulação filosófica para uma ontologia, uma fenomenologia e uma epistemologia para a Arquitetura da Informação de modo a caracterizar um universo de discurso que permita a delimitação do campo científico da disciplina. Assume um conceito de Ciência, identifica critérios para caracterização da Arquitetura da Informação como disciplina científica e apresenta as categorias da Manifestação, da Forma, do Contexto e do Significado como categorias fundamentais, situadas no contexto filosófico construído, para a prática científica da Arquitetura da Informação. Apresenta um modelo referencial de uma Teoria Geral da Arquitetura da Informação e uma estrutura de aplicação deste modelo. Com base na fundamentação científica desenvolvida, apresenta um conjunto de princípios tecnológicos que norteiam a prática da Arquitetura da Informação na construção de soluções e caracteriza uma fundamentação tecnológica para a disciplina.

Palavras-chave:        Arquitetura da Informação; Ciência da Informação; Epistemologia.

Marcado com:

Deixe uma resposta